• Vivência(s), Convivência(s) e Sobrevivência(s)

    em Contexto de Pandemia: Relatos e experiências - 26 e 27 de novembro 2021

  • 9ª Conferência de MIIS

    Mediação Intercultural e Intervenção Social - 26 e 27 de novembro 2021

  • Submissão de resumos:

    Até 11 de outubro de 2021

Sobre o Tema

A Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria e o CICS.NOVA.IPLeiria convidam mediadores interculturais, professores, profissionais da saúde, educadores, investigadores, cientistas sociais, da educação, da saúde e do desporto, educadores sociais, assistentes sociais, animadores e outros interventores sociais, a debater Vivência(s), Convivência(s) e Sobrevivência(s) em Contexto de Pandemia: relatos e experiências.

continuar a ler

Chamada para resumos - até 11 de outubro 2021

Sobre nós

A Escola Superior de Educação de Leiria (ESE), escola mais antiga do Instituto Politécnico de Leiria, tornou-se, a partir de 2002, a primeira e única instituição pública, em Portugal Continental, a conceder um grau em serviço social, primeiro bacharelato, depois licenciatura bietápica, depois de décadas em que o campo foi monopólio do ensino privado.

Decorrente da aposta da então ESE-IPL na área das Ciências Sociais, para além da formação de professores e de educadores de infância, uma herança do Magistério Primário, a instituição mudou de nome, com os novos estatutos publicados em 2008 (II Série do DR n.º 139, de 21 de julho) e passou a designar-se Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS). A par do Serviço Social e das Relações Humanas e Comunicação no Trabalho, curso iniciado em 1993, criaram-se e desenvolveram-se as licenciaturas de Educação Social, de Animação Cultural, de Comunicação Social e Educação Multimédia, transformada recentemente em Comunicação & Media, de Desporto e Bem-Estar, entre outras ligadas à língua e cultura chinesas.

Foi no departamento de Ciências Sociais da ESE, depois ESECS, que nasceu, em 2003, a primeira unidade de investigação (UI) do Instituto Politécnico de Leiria avaliada pela FCT (2007): CIID-IPL – Centro de Investigação Identidades e Diversidades do IPL, como então se designava.

A partir de 2015, o CIID tornou-se um polo duma nova UI (Centro em rede com 5 polos) criada na FCSH da Universidade Nova de Lisboa – o CICS.NOVA.IPLeiria. Este Centro tem investido no estudo da multiculturalidade, nas migrações, nas acessibilidades e na mediação intercultural e intervenção social. Foi decorrente desse trabalho de investigação que em 2013 estes investigadores propuseram o mestrado em Mediação Intercultural e Intervenção Social que foi acreditado pela A3ES, sendo, até ao momento, único na área no sistema de ensino superior português.

Em termos de divulgação Científica, o CICS.NOVA.IPLeiria tem organizado inúmeras conferências nacionais e internacionais, donde resultaram já 5 livros publicados (Pedagogias de Mediação Intercultural e Intervenção Social, 2016; Conceções e Práticas de Mediação Intercultural e Intervenção Social, 2017; Da Mediação Intercultural à Mediação Comunitária, 2018; O Olhar de Crianças e Jovens: Mediação Intercultural e Intervenção Social, 2019; Migrações, Minorias Étnicas, Políticas Sociais e (Trans)Formações,2020; estando em preparação o de 2021: Ócio, Jogo e Brincadeira: Aprendizagens e Mediação Intercultural).

Decorrem, de momento, as inscrições para a 9.ª Conferência Internacional de Mediação Intercultural e Intervenção Social, que decorrerá em formato online, subordinada ao tema: “Vivência(s), Convivência(s) e Sobrevivência(s) em Contexto de Pandemia” cujas comunicações e conferências serão publicadas, respetivamente, numa edição online e num livro de distribuição internacional.

PROGRAMA

Submissão de resumos

até 11 de outubro 2021

Resultado da avaliação de resumos

até 25 de outubro 2021

Inscrição (Tarifa Reduzida)

até 31 de outubro 2021

Publicações de Edições Anteriores

powered by eventQualia